sexta-feira, 13 de junho de 2008

Diário do Euro (3)

Michel Platini, Presidente da UEFA, junto a Gilberto Madaíl e a Hermínio Loureiro. Os líderes federativos e ligueiros bem tentaram "seduzir" Platini, mas este, como a imagem dcoumenta, disse: "Acabou a conversa e a batotice". (AP/Photo - Luca Bruno)

Hoje pode ser um dia histórico para o futebol europeu. Como disse Platini, presidente da UEFA, a nova Europa do futebol, presente aqui, em Genebra, no Euro 2008, não aceita clubes “batoteiros”, como comprovadamente o foi o FC Porto.
O futebol limpo, de novo um espectáculo para as famílias, um jogo não de vida ou de morte mas um jogo em que o melhor ganhe, sem subterfúgios, sem artimanhas, sem esquemas, sem “quinhentinhos”, sem “fruta”, sem “café com leite”. A decisão que a UEFA toma hoje, embora atingindo a imagem de um clube português, tem um significado muito especial: o futebol é para ser jogado dentro das quatro linhas.
Aqui, em Genebra, onde a Selecção continua a fazer um Euro de grande nível, a nódoa negra que atingiu o FC Porto não passou despercebida aos adeptos estrangeiros. Ontem à noite, um irlandês, camisola da Holanda vestida, de nome Sean, quando nos perguntou de onde vínhamos e ouviu “Porto”, disse de repente: “Ah, o clube que paga aos árbitros”.
Esta “má fama” não tem diminuído a festa portuguesa. Depois do jogo com a República Checa, uma vitória memorável por 3-1, o centro de Genebra, onde quase 20% dos habitantes são portugueses, fez mais uma festa de arromba, que se prolongou pela noite dentro.
Entre eles, Nelo, um benfiquista a viver há mais de 10 anos em Genebra, que nos confidenciou haver 20 mil benfiquistas nesta cidade suíça, e que se propôs recuperar a Casa do Benfica, a viver tempos conturbados.
Enquanto aguardam pela decisão da UEFA, os responsáveis máximos do clube da Luz não descansam. Luís Filipe Vieira e Rui Costa vieram dar apoio à Selecção, que no domingo vai ter um jogo para cumprir calendário, com a Suiça.
O processo dos reforços está longe de estar concluído, mas acredita-se que a confirmação do Benfica na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões vai trazer desenvolvimentos acelerados. Hoje pode ser o Dia 1, do novo futebol português!

7 comentários:

  1. Esperemos que sim, Pedro! Esperemos que hoje seja o dia em que a UEFA mostre ao mundo que o Futebol é para ser jogado nas quatro linhas e não nas casas de Alterne!

    ResponderEliminar
  2. O dia 1 do novo futebol português?
    Ou não será antes um regresso aos gloriosos anos do Estado Novo? Essa conversa de se afirmarem como paladinos da honestidade só engana quem for muito ingénuo...

    ResponderEliminar
  3. HONRADAMENTE..

    Aproveito este espaço para lamentar as crónicas, sobre o Apito Dourado, de MST, OPINIÃO/NORTADA em «ABOLA» e a de ontem desse intragável JORGE OLIMPIO BENTO que estiveram contra todos, poupando aquele que parece ser o culpado de tudo, o senhor Pinto da Costa, o homem que para os portistas sai intocável desta saga, havendo já uma comissão de apoio à recandidatura do dito senhor.

    Isto é inacreditável...

    MB

    ResponderEliminar
  4. Não percebo nada de direito, mas todo este branqueamento que se está a verificar em torno de um clube que corrompe árbitros e move tráfego de influencias utilizando as mais variadas figuras públicas do País é uma vergonha para Portugal.

    ResponderEliminar
  5. Isto deixou de ser apenas tema de benfiquistas...

    É importante limpar as "artimanhas" do futebol português!

    Onde anda o Sr. Laurentino enquanto a parte da Liga e parte da FPF anda a contradizer a lei e quem pugna por ela?

    http://geracaobenfica.blogspot.com/2008/06/voltar-acreditar-ou-talvez-no.html

    IMPORTANTE DIVULGAR. ONDE ANDA O GOVERNO QUANDO AS INSTITUIÇÕES ESTÃO A ADULTERAR A LEI!?

    ResponderEliminar
  6. http://lobos-imortais.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. sem duvida histórica é a vossa rapida passagem pela liga dos campeões
    mais um record da agremiação

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...