quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Perder não é opção

Perder nunca é uma boa opção. A derrota em Poltava não se traduz em nenhum revés prático, a eliminatória estava resolvida e Jorge Jesus resolveu, e bem, fazer algumas experiências. Que se justificavam.
O jogo de Guimarães foi intenso e stressante. A viagem até à Ucrânia foi longa e desgastante. Havia jogadores a necessitar de minutos em competição. Segunda-feira há jogo para a Liga. Tudo isto foi equacionado por Jesus no escalonamento dza equipa.
Aceita-se, por isso, as alterações realizadas, face a tudo o que se referiu e mais à goleada da 1ª mão que não colocava, à partida, a eliminatória em risco. Apesar da derrota, Jesus pode tirar ilações positivas e negativas do plantel que tem à disposição.
Eu, como treinador de bancada, aproveito para dizer quais as minhas impressões sobre o que vi. Aqui vão: 1 - Júlio César está a tardar na baliza do Benfica - Quim já não vai lá (Guimarães foi eloquente, e Moreira, mais por culpa de outros que por demérito próprio, também já não vai a tempo de ser o guarda-redes do Benfica; 2 - Luís Filipe parece outro jogador, mas ainda tem muito trabalho pela frente; 3 - César Peixoto é uma grande aquisição e vai ser muito útil; 4 - Nuno Gomes perde cada vez mais espaço e não ficaria surpreendido se o Benfica fosse buscar outro ponta-de-lança. no mercado de Janeiro; 5 - Keirrisson tem de trabalhar muito ou, então, vai ser recambiado ao Barcelona, em Janeiro.

Poltava - 2; Benfica - 1(2ª mão do play-off da Liga Europa). Benfica apurado para a fase de grupos (5-2).

Foto: REUTERS/Miguel Vidal (PORTUGAL SPORT SOCCER)

9 comentários:

  1. Foi um mau resultado, pois ao Benfica exige-se sempre vitórias, mas foi um play-off e como tal a situação esteve sempre totalmente controlada, pois mau, era ser eliminado.

    ResponderEliminar
  2. Estamos em sintonia.
    Perder nunca pode ser opção, de outra forma nunca mais readquiriremos o hábito de ganhar, mantendo sempre os níveis de exigência altos. Isto apesar de esperar que com estas poupanças todas Jesus tenha como prioridade máxima o campeonato.

    ResponderEliminar
  3. Á sempre um começo
    Se tinhas duvidas agora vais passar a ver de vês em quando que se não forem as arbitragens,vais engolir em seco muintas vezes

    ResponderEliminar
  4. É só uma questão de começar e depóis torna-se num ábito
    Em Janeiro já andas á procura de treinador

    ResponderEliminar
  5. POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
    http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

    ResponderEliminar
  6. Adicionem nos Links:

    vivaobenfica.wordpress.com

    Obrigado.

    ResponderEliminar
  7. Caro Benfiquista

    Estou praticamente de acordo com a análise que faz dos jogadores utilizados.
    Constato que, depois de Preudhome, o Benfica nunca mais teve um guarda-redes de nível europeu, tipo Costa Pereira, Bento e pouco mais.
    Aliás, nenhum clube português tem.

    Mas Júlio César é muito jovem para guarda-redes. Lançado já, não irá queimar-se no fervente Estádio da Luz e no exigente público Benfiquista?
    Ele deu algumas fífias no Belenenses. Levo isso à conta da sua juventude para o lugar. Porém, se Jesus viu nele qualidades, lá terá as suas razões e eu confio.
    Mas talvez Jesus o queira meter depois de melhor ambientado e de ter "crescido" mais como jogador para o difícil lugar.

    Outro reparo. Não deve esquecer-se que Kerrison esteve um mês sem jogar e sem treinar, antes de ser contratado pelo Barcelona.
    Devemos dar esse desconto, pois ele está agora a fazer a sua pré época e não é uma pré época que possa comparar-se à normal.
    É claro que o Barcelona, apesar da sua grandeza, também pode enganar-se.
    Mas talvez seja de dar tempo ao tempo. Falta-lhe rodagem, ritmo competitivo e adaptar-se ao futebol europeu que desconhece.
    Não se esqueça do caso paradigmático do Luisão.

    Outro assunto.
    Não tem link para seguidores deste blog?

    Seja como for, e se não se importar, vou colocá-lo na minha lista de blogues.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  8. Por que é que continuam a apostar no David Luiz a lateral esquerdo? Shaffer não era para se ir adaptando ao estilo da equipa? E César Peixoto? Agora passa a ser nº10? Se o Javi se lesionar, quem o substitui?
    Ai, Jesus...
    Abraço,
    Zé Amaral

    ResponderEliminar
  9. Este é um dos problemas do Benfica...

    Se perdeu, devia ter ganho...

    Se ganhou por um, devia ter ganho por 4...

    Ontem ganhou por 8... No próximo jogo tem de ganhar por 10... Se isso não acontecer o treinador não presta e os jogadores são pernetas...

    Se jogaram bem ou mal, não interessa... Se o Poltava rematou duas vezes à baliza e fez dois golos, não interessa... Se o grande Moreira, o tal que devia ser efectivo, defendeu a bola para dentro da baliza ou saíu fora do tempo, não interessa...

    Não podemos é dar tempo de jogo ao K, que foi apenas a maior revelação do último Brasileirão... porque o pretígio do Benfica assim obriga!...

    Lembro-me de que, na década de 80, qd jogava o Carlos Manuel, o Diamantino e o Rui Águas, e toda a gente estava contra a equipa porque só ganhava por 1 a zero...

    Saudações Benfiquistas.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...