quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Esperança

Olympiacos – 5; Benfica – 1 (Taça UEFA). Quique não deitou as mãos à cabeça como Queiroz. O semblante sereno não escondeu os olhos perscrutadores, afiados como facas, lançando lume em direcção ao relvado onde os seus viviam momentos difíceis.
O general não se levantou do banco, nem se agitou como é costume acontecer nestas alturas, para disfarçar a vergonha. Há neste comportamento de Quique uma nobreza de toureiro. A altivez, a serenidade, a honra e a dignidade, mesmo ferida, obriga-o a manter a compostura.
De que vale a pena dizer que devia jogar este e não aquele. De que vale escrever que errou este, mais aquele. De que vale especular sobre se aquele devia ter entrado mais cedo, e este nem sequer se devia ter equipado.
Há naquele olhar de Quique, enquanto algo desaba à sua frente, uma centelha de luminosidade. Como se tivesse regressado à inocência perdida, numa infância atribulada. E, por isso, encontro a esperança naquele olhar, encontro um caminho e um rumo, desbravado por entre ervas daninhas e sinuosos atalhos. Ele há-de encontrar aqueles que querem ir para a selva com ele e connosco. E todos juntos, unidos, havemos de encontrar, no fundo do túnel, a Luz.
Foto: Thanassis Stravakis (AP Photo)

12 comentários:

  1. Sempre que estou triste e hoje é um desses dias, passo por este blogue e fico mais animado é mesmo assim à que levantar o ánimo esta tragédia grega passará, ainda existe muito para ganhar este ano.Só nos resta apoiar a equipa quem sabe se seremos lideres da 1.º liga já no próximo domingo....
    Cumpts.
    Abelourinha.

    ResponderEliminar
  2. Benfiquista de sempre28 novembro, 2008 01:02

    Meu amigo, confrade benfiquista, o seu texto é um poema!
    Parabéns pela forma bela e cativante como descreve o que pensa ser o sentir do Quique Flores!
    Não nos deixemos vergar pela derrota. São acidentes de percurso de uma equipa ainda "verde", em construção.
    Ânimo, Benfica! Ânimo, benfiquistas!
    Sabemos que temos os homens certos na equipa. Confiança!

    Benfiquista de sempre, de Faro

    ResponderEliminar
  3. Com muita "Tranquilidade"!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Isto não é nada a que não estejais habituados e faltaram dois golos para os sete (7). Vá lá, força, estais a melhorar. Se não publicares este comentário fico contente na mesma pois tu o leste e censuraste e ficaste com o cotovelo bem f..... Ha Ha Ha

    ResponderEliminar
  5. Musica da Boa: http://www.youtube.com/watch?v=qHVT0LGriGs

    ResponderEliminar
  6. nobreza de toureiro ou uns grandas cornos?

    ResponderEliminar
  7. Vamos é ser campeões e o resto é treta. Carrega Benfica.

    ResponderEliminar
  8. o gajo que escreveu aquele texto deve ser gay, parece que está apaixonado pelo quiquezinho florzinho.

    vai para poeta seu maricas.

    ResponderEliminar
  9. Acho que o senhor está apaixonado. Só assim se explica, tudo!

    Mas uma coisa condescendo, este Quique é signor, demasiado para um homem do futebol.

    Você está apaixonado, mas onde está a Paixão dele?

    ResponderEliminar
  10. São esses anónimos, sem coragem de se revelar, que mostram o seu caracter nulo, para mim isso é cobardia.
    Mas como os compreendo, afinal de contas, quem ainda não foi goleado na Europa que atire a 1ª pedra.
    Mas existe apenas uma pequena diferença, eles serão eliminados nos 1/8 de final, mas estão a 5 e 7 pontos na liga.

    ResponderEliminar
  11. "Há neste comportamento de Quique uma nobreza de toureiro. A altivez, a serenidade, a honra e a dignidade, mesmo ferida, obriga-o a manter a compostura"
    Perfeito, meu caro!
    Descreve na perfeição a imagem que vi!
    O Problema é que o "touro" nos colheu violentamente! mas um toureiro que se preze volta à arena, olha o touro nos olhos e não sente medo.
    Vamos ver na segunda-feira. Só aceito orelhas e rabo, com saída em ombros pela porta grande.
    Saudações gloriosas,
    Mohammed (um mouro do norte)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...