domingo, 1 de novembro de 2009

A história repete-se, como farsa ou tragédia

(AP/Photo Paulo Duarte)

Braga – 2; Benfica – 0 (9ª Jornada da Liga). O que é que une os dois árbitros dos últimos dois jogos do Benfica? Ambos pertencem à Associação de Futebol do Porto. Ambos são árbitros bem relacionados no “sistema” do futebol português.

O que é que os divide? Um, Vasco Santos, está a iniciar uma promissora carreira na arbitragem. Pelo seu mérito e competência? Nada disso. Pela sua vulnerabilidade aos poderes ocultos, ou será “faces ocultas”?, que dominam os bastidores do nosso futebol há mais de duas décadas.

O outro, Jorge Sousa, é já um árbitro reconhecido, com provas dadas e considerado um dos melhores da actualidade. Pelo seu mérito e competência? Nada disso. Pela sua “experiência” em prejudicar o Benfica.

Jorge Sousa já é da velha guarda e não se deixa cair em “roubos” à luz do dia, isso fica para os mais ingénuos, como Vasco Santos. Sousa tem mais habilidade, por isso os maiorais do “sistema” elegem-no como o melhor.

Golo do Benfica? Nada disso. O olho de lince de Jorge Sousa descortina um levezinho toque da mão de Cardozo na camisola do defesa do Braga e, zás, há que anular o golo. Quem se atreve a contestar as elucidativas imagens.

E os amarelos escolhidos a dedo? Fábio Coentrão, claro, para inibir logo o lateral esquerdo adaptado e permitir que o Braga entre por ali. Amarelo a Javi, pois claro, para não permitir que o espanhol seja o tampão que tem sido para as equipas adversárias. E amarelo também a David Luiz e a Luisão, para vulnerabilizar o centro da defesa do Benfica. Três defesas, três amarelos, mais um amarelo para o médio defensivo.

É esta ciência de arbitrar que faz os melhores. João Pereira, no início da segunda parte, varre Di Maria junto à área, falta marcada, mas onde estava o segundo amarelo e a expulsão do defesa direito do Braga? No bolso de Jorge Sousa, pois então.

Confusão à entrada do túnel do Braga. O que se vê? Agressão de Mossoró e de outro jogador do Braga a Cardozo. Expulsos? Nada disso. Jorge Sousa expulsa Leone e Cardozo, a arma mais letal do Benfica. Lá está, isto é de árbitro de primeira.

Jorge Sousa é um “exemplo” para a arbitragem portuguesa. Sabe tudo. Ele é o digno sucessor de Calheiros e Martins dos Santos. O seu colega Vasco Santos, que validou aquele excelente golo do Nacional na Luz, ainda tem muito que aprender, mas chega lá. São dois árbitro com um mesmo destino – prejudicar o Benfica.

Homem do jogo: o árbitro Jorge Sousa



14 comentários:

  1. grande post, os meus parabéns, desculpe lá vou ter que o citar mais uma vez lá no meu blogue ok

    e também usei o texto deste post no blog do António Boronha como defesa dos interesses do Benfica.

    com a devida referência aqui ao blog claro,

    saudações gloriosas

    ResponderEliminar
  2. Ainda não agradeceste ao SLBatista por ter feito o empate feito pelo golo do J.Tomás?Que prejudicou o SCB e favorecu o teu clube
    O SLB joga bem mas é nos tuneis,Foram bem treinados pelos NN
    São como as ratazanas:atacam nos buracos
    Fói pena o J.J não meter o Nulo Gomes para ouvirmos mais OLÉS
    Já agora o J.J. podia fazer entrar o Mantorras ou o Carlos Maluco

    ResponderEliminar
  3. Os amarelos a Coentrão, D. Luiz, Javi Garcia e Luisão são completamente incontestáveis. Só alguém que utiliza a espuma que ainda lhe sai da boca para escrever é que pode afirmar o contrário.

    Concordo plenamente com o que diz em relação à expulsão perdoada a João Pereira.

    Pergunto-lhe apenas: Cardozo logo nos primeiros minutos tem uma entrada violenta sobre um defesa do Braga, qual a cor do cartão mostrado? Transparente, porque ficou no bolso...

    Em relação à pancadaria, quem terá acicatado e provocado...? Saviola começa com um chorrilho de insultos, Di Maria finaliza com uma cuspidela e um "remate" que acerta no "banco" do Braga. Tudo boa gente, por certo que não me enganarei muito.

    Caro PF, quando a "mais melhor grande" da Europa e arredores perde limpinho com a melhor equipa do campeonato, fica bem e manda a decência analisar TODOS os lances.

    É que arranjar desculpas é bem mais fácil do que tentar perceber porque é que o demolidor Benfica, que toda a Europa cobiça e que tão bem gerido é (por um visionário-génio-da-lâmpada-salvador), quando tem testes a sério vacila. Para além deste jogo, só tiveram outro teste a sério, que foi com o AEK, já que a meu ver o Everton com 8 indisponíveis não conta como teste duro (veremos nesta quinta se há nova demolição)

    Convido-o a esbater estes argumentos. E acredite que em Maio vai ter pena de já não contar com Enrique Flores...

    E já agora, coma uns limonetes da Moura que vai ver que se sentirá muito mais reconfortado!

    ResponderEliminar
  4. Como as coisas mudam em poucos dias. À semanas que se vinha aqui a falar de futebol a elogiar o Benfica pelos golos e pelo bom futebol.

    Agora que se perde (merecidamente) fala-se dos árbitros, como sempre. Ninguém diz que o Benfica entrou de fato de gala, a esfregar as mãos a pensar que ia dar mais quatro ou cinco. Que Jesus arriscou ao colocar o Fabio Coentrou quando um dos melhores jogadores do Braga (o Alan) entre por ali, muitas vezes ajudado pelo Paulo César.

    Ninguém diz que as coisas nos tuneis andam algo esquesitas nos jogos com o Benfica. E aliás o Braga saiu mais prejudicado. Perdeu um central, o que obrigou a mexer num dos locais mais sensiveis das equipas a defesa.

    Entrou-se em euforias, eu também entrei, mas agora à que pôr os pés na terra, perceber que perdemos porque jogamos mal e o Braga foi superior. Apostar em teorias da conspiração é voltar ao passado que aconteceu, por exemplo, na última época e que eu passei ter sido posto de lado.

    Assim não vamos lá... espero que toda a equipa perceba isso, que seja caapz d eevr para além da suposat conspiração que há volta do Benfica, pois a obcessão por essa suposat conspiração já nos tirou muitos títulos e espero que este ano não aconteça o mesmo.

    Força Benfica...

    PS: Pedro corrija uma coisa: Homem do jogo: Hugo Viana, não sejamos hipocratas e não tentemos arranjar polémicas onde não as houve...

    ResponderEliminar
  5. Caro Pedro, acho que devemos ser um pouco mais racionais. O arbitro prejudicou-nos é certo, mas nao foi por ele que perdemos. O certo é que este ano em jogos mais decisivos vamos perdendo pontos. Golear apenas nos da 3. É certo que goleamos o everton, mas temos de considerar q é um clube que está a 3 pontos da linha d água.
    Perder com os gregos como perdemos nao é admissivel.
    e principalmente, estou farto de todos os anos ser comido pelo domingos...
    É demais, é frustrante!

    Saudações benfiquistas

    ps: Ha tambem que considerar a noticia desta semana, em que nos diz que a Sad teve um prejuizo de quase 40 milhoes! é preciso apurar responsabilidades.

    ResponderEliminar
  6. É que é sem tirar nem pôr. Houve inclusive uma sucessão de faltas a interromper contra-ataques e saídas de bola e nenhuma foi punida com cartão. Sinal claro que havia livre trânsito para impedir que se jogasse à bola.
    Uma vergonha. Não sei como
    e que o Jesus e os jogadores (especialmente os que estiveram envolvidos na situação do túnel) se contiveram e não lhes saltou a tampa..
    Para sermos campeões não vai bastar sermos melhores, teremos de ser muito melhores para contrariar a maré.

    ResponderEliminar
  7. Não será por acaso que em 9 jornadas, tivemos 5, repito 5 árbitros daquela associação e depois das acções incriveis passadas em Braga, em que até a empresa de segurança participa em agressões aos jogadores do benfica, temo, por aquilo que possa acontecer quando estiverem decorridas 20 jornadas.
    Como disse no meu blogue: "este Benfica mais uma vez e apesar da derrota me deixou orgulhoso, pois vi nos jogadores vontade de vencer e não vi resignação na derrota e com este espírito, se deixarem, teremos um forte e sério candidato ao título."

    ResponderEliminar
  8. Nas ultimas 6 derrotas do Benfica o Jorge Sousa está em 4. Coincidência?
    P.S. Acho engraçado os antis falarem da reacção do Di Maria, nao é este rapaz que para vocês não sabe chutar? Mas dar um toquezinho de nada para uma zona sem qualquer funcionário do Braga fazem disso um remate. Hilariante. E nesse lance segundos antes o massagista esconde a bola ao Di Maria para evitar um lançamento rápido. São todos uns santinhos.
    Não vejo hora do Porto cobrar pela vossa "amizade".

    ResponderEliminar
  9. POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
    http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

    ResponderEliminar
  10. Estes anonimos são uns bacanos. De cuspo e charutada.
    É conhecida a origem e o apadrinhamento. Velhinha a forma de actuação. Vamos a ver quem estava no tunel? É que ainda ninguem (mas porquê) viu a video-vigilancia existente ou será que a segurança 2045(?) foi suficiente para manter a ordem entre quem lá poderia estar.
    Obviamente não discuto as incidencias do jogo. Vi-as e basta.
    Gostei do post.

    ResponderEliminar
  11. o polvo no seu melhor.

    ResponderEliminar
  12. Mas o que está aqui escrito no post é mentira?Claro que não, é pura verdade do que se passou na Pedreira. Assistimos na actualidade a mais um discípulo do tipo que recebia em casa apitadores oferecendo envelopes e fruta da época, mas que fique o Salvador sossegado,que daqui a um ou dois anos tudo vai secar, assim foram o Salgueiros Boavista,Amadora etc, etc.São joguetes na mão do Gerente da Caixa, penso eu de que..

    ResponderEliminar
  13. O País entrou em êxtase com a derrota do Benfica em Braga, a contar para o campeonato nacional de futebol. O País? Não, talvez os adeptos do 2º maior clube nacional: os anti-benfiquistas. Sei que 200.000 sócios devem fazer doer a cabeça a muito boa gente e reduzem alguns à sua pequenez, mas não sabia que na cidade dos Arcebispos se tomavam as dores dos outros. Os caciques do futebol nacional que se cuidem: a mística encarnada que enche estádios está de volta, pronta a triturar esta espécie de aspirantes a papas que fazem do desporto uma guerra e que criam ambientes de inspiração siciliana. Quero acreditar que o apito tendencioso calar-se-á, quando for exposto no exterior e cair no ridículo. Com ele, os lacaios de serviço espalhados pelas diversas áreas da sociedade, agudizarão a caminho do exílio. Portanto, rejubilem enquanto podem...

    http://dylans.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...