terça-feira, 6 de novembro de 2007

Carta aberta a António-Pedro Vasconcelos


O prestigiado cineasta português e “notável” benfiquista, António-Pedro Vasconcelos (A-PV) enviou-me 2 emails, na sequência de uma interpelação que lhe fiz, também através de email, para o programa “Trio de Ataque”, na RTP, na semana passada.
Não revelando o conteúdo dos emails de A-PV, sendo quem é, não posso deixar de, publicamente, redigir algumas reflexões que eles me suscitaram.
1º Tenho de A-PV a ideia de uma pessoa de carácter e, por isso, sinto-me reconfortado por ver o Benfica por ele representado num programa desportivo. Nem sempre foi (é) assim;
2º Há mais de 10 anos, A-PV foi a única voz que ousou censurar a troca de Toni por Artur Jorge feita pelo então presidente do Benfica Manuel Damásio, depois da vitória no campeonato. Contra o apoio geral em torno da figura do Rei Artur, no qual me incluía, A-PV disse e escreveu que aquela aposta iria ser trágica, como foi. Foi o único a olhar mais além.
Por ter tido razão antes do tempo, foi “atacado meses e anos por toda a gente”. Mas, meu caro A-PV, também lhe deu a autoridade moral para, hoje, quando emitir qualquer opinião pedir mais atenção para o que diz. Depois de Artur Jorge, olhe que eu dou muita importância às suas palavras;
3º Nunca gostei de Fernando Santos como treinador. Sendo uma pessoa, ao que me dizem e eu acredito, espectacular, tem, ainda, uma qualidade incontornável – é benfiquista.
Mas como treinador, Santos não serve para o “meu” Benfica. Por ser péssimo a treinar? Por nada perceber de táctica? Por “ler” mal o jogo? Por preparar mal a equipa? Por fazer mal as substituições? Por não ter resultados? Nada disso. Quem sou eu para o avaliar como treinador?!!
Apenas e só porque para se ser treinador do Benfica é preciso mais, muito mais. Nos tempos de hoje exige-se para ocupar um lugar de tanta exposição, além das qualificações técnicas, perfil de liderança, carisma, perfeito domínio das ferramentas comunicacionais. Como José Mourinho, é preciso saber utilizar os “mind games”. Para além de saber “ler” bem o que se passa no relvado, é preciso saber “ler” bem uma conferência de imprensa;
4º Por último, algumas questões para reflectir: será Mourinho melhor treinador do que Manuel José? E Toni será pior do que Camacho? E porque é que Jesualdo já não é o “cinzentão” que era? E porque é que Peseiro falhou e Paulo Bento também vai falhar? E o que tem Mourinho que Benitez não tenha?
OBS: Hoje à noite, contra o Celtic, pedimos mais uma grande noite europeia. Força rapazes! Em frente, Glorioso!

2 comentários:

  1. Boas,

    Meu caro não sei o teor dos e-mails trocados com APV, contudo quero deixar aqui a minha opinião sobre 2 aspectos:

    1º - APV é um comentador fantástico e que representa muito bem o clube;

    2º - ainda hoje estamos a pagar a maldita falta de empatia entre o público e fernando santos que levou à sua demissão. podem não gostar dele, podem dizer o que disserem mas o tempo dar-lhe-á razão.

    Com um plantel muito parco em qualidade (tinhamos 12, 13 jogadores), com problemas graves de jogadores sem férias por causa do Mundial, castigo de Nuno Assis, lesão de Rui costa, fernando santos colocou o Benfica a jogar à bola. esteve mais de 20 jogos sem perder e só empatou 5 desses 23 jogos...Começou mal e a própria direcção assumiu as responsabilidades desse mau planeamento da época e não duvidem que caso ele continuasse, hoje estaríamos numa posição bem melhor.

    o que seria de FS se falasse com a arrogãncia que Camacho fala para os jornalistas?

    o que seria de FS se fizesse as substituições de ontem?

    FS foi vilipendiado por meter o cmoibra a 5 minutos do final e vejam quantas vezes camacho fez isso desde que chegou?

    O tempo dar-lhe-á razão e aos poucos eu vou ouvindo: eh, pá se fosse com o fernando santos já o tínhamos crucificado...ou então: volta FS, estás perdoado...

    espero, sinceramente, que todos nós (benfiquistas) se sintam sulpados pelo estado actual das coisas, particularmente aqueles que passaram um época inteira (independentemente do resultado) a assobiar o treinador antes, durante e depois do jogo...eles causaram a falta de empatia e ela causou o despedimento que veio a causar esta situação de hoje...

    mas ainda há esperança!

    www.footballdependent.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. José Casimiro de Pina - Cabo Verde08 novembro, 2007 19:05

    Oh Sr. Tiago Pinto, então não se lembra que com Fernando Santos levamos 3 em Braga e no Bessa? E que no mesmíssimo Celtic Park também levamos 3?Lembra-se que com F.S, em Glasgow jogou Alcides em vez de Nélson porque "precisávamos de altura" e sofremos 3 golos todos oriundos do nosso corredor direito (parece sina)? Não se lembra que só descobrimos David Luiz depois do desespero em Paris? Não se lembra que sofríamos demasiados golos ao cair do pano, porque isistia em defender o resultado mínimo?

    Eu JAMAIS sentirei culpado pela saída do Fernando Santos e congratulo com o Presidente por ter rescindido com ele.

    Camacho tem os seus defeitos, que não esperava que tivesse, tais como:
    - Parece que está-se a deixar levar pela imprensa no que respeita à convocação de Luís Filipe;
    - Parece que Adu não lhe caiu no goto, apesar de ser notoriamente um bom jogador;
    - Parece que Rui Costa tem um peso excessivo no balneário, que transporta para o relvado, condicionando (para o bem e para o mal) todo o futebol da equipa. Segurando em demasia a bola quando no futebol moderno tudo é feito em rapidez - veja-se o Manchester, o Barça, o Lyon - e o Benfica tem jogadores para isso (Rodriguez no Urugay joga no meio, Di Maria e Adu são rápidos (e ñ venham com tretas que são jovens pq Nani, Ben Harfa e Bojan também são).
    Passa quando e como quer a bola e ralha com todos menos consigo mesmo, porque a ele tudo é perdoado. E tem de jogar sempre.

    Giggs jogou sempre em Manchester (Rui Costa esteve muito tempo em Itália) mas nem sempre joga, ontem jogou (e bem) Nani e mesmo se não corresse bem ninguém lembraria o "estatuto" de Giggs, Porquê que no Benfica é diferente?

    Como dizia, não esperava isso do Camacho, mas ele poderá dizer que não fez a pré-época. Depois de Janeiro, tirarei as minhas ilações, mas NUNCA desejarei Fernando Santos e POUCOS Benfiquistas desejariam a sua continuidade.

    Quanto ao Sr. APV, só se lembra do FS quando o Benfica perde e para mim é um péssimo comentador e não percebe NADA de futebol (aliás o Benfica é pessimamente representado nos fora deste tipo).

    Ainda me lembro de um programa onde este mesmíssimo APV, perguntado por Carlos Daniel sobre quem achava que seria revelação afirmou...Vukcevic! Mas não é só isso. Os comentadores do Benfica fazem sempre um enormíssimo esforço para agradarem aos rivais, querendo passar a ideia de que são menos clubistas quando o que se lhes pede é exactamente que sejam clubistas, que defendam os interesses do Benfica. Ele também engoliu a ideia errada que o Benfica tinha 7 extremos esquerdos.

    Para mim esta gente não representa o Benfica, pelo menos eu não me revejo nas suas ideias reaccionárias.

    Para terminar (e já disse muito), para quando uma equipa com Quim (ou Butt, tanto me faz)-Nélson-David Luiz, Katsouranis e Léo; Petit e Romeu Ribeiro; Cristian Rodriguez, Adu e Di Maria; Cardozo?? Acho que seria um espectáculo de futebol. Muitos diriam que seria demasiado jovem, mas já viram o Arsenal?
    Um muito obrigado para este blog porque presta um excelente serviço a nós que somos adeptos do Benfica e que SEMPRE desejamos sucesso ao nosso clube que é a instituição mais DEMOCRÁTICA que conheço!!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...