sábado, 24 de novembro de 2007

Paciência, Domingos!

Vitória por 1-3 em Coimbra reforça cavalgada em busca da liderança. Agora que venha o FC do Porto. (Foto em www.slbenfica.pt)
O sorriso, meio trocista, meio de satisfação, de Domingos Paciência, o treinador da Académica, a 10 minutos do fim do jogo contra o Benfica, em Coimbra, com o resultado em 1 – 1, rapidamente se transformou num esgar de desespero, olhos no chão e cabeçada na parede plastificada do banco de suplentes. É verdade, Domingos voltou a baixar os olhos em direcção ao chão, tal como o fez no ano passado durante um célebre União de Leiria – FC do Porto. Nessa altura, Domingos, treinador da União, estava vergado à vergonha de contribuir para a derrota do “seu” FC do Porto, e nem ousava ver o que se passava no relvado, deixando os seus jogadores entregues à sua sorte. Ontem à noite, os olhos no chão indiciaram impotência para travar o Benfica e, assim, dar uma pequena ajuda ao “seu” FC do Porto. Paciência, Domingos!
Aliás, a equipa da Académica tinha a lição bem estudada, ou não fosse Coimbra terra de doutores. Domingos Paciência sabia que o Benfica tem uma semana terrível pela frente, com jogos com o AC Milan e o FC do Porto, nos quais é preciso que os jogadores estejam na plenitude da sua forma física e psíquica. Não foi, por isso, de estranhar a forma excessivamente aguerrida com que os jogadores da Briosa entravam aos lances, certamente cumprindo as preciosas indicações de Domingos Paciência. Resultado: lesão de Nuno Assis aos 5 minutos de jogo, e mais não se seguiram por mero acaso, tal a impetuosidade dos homens de negro.
Agora, a um ponto do FC do Porto, que só joga hoje à noite com o V. Setúbal, a esperança é total para os jogos com o AC Milan e os dragões. Camacho é um pé quente, como dizem os brasileiros. Mais uma vez o Benfica decide o jogo nos últimos minutos, sintoma de uma força psicológica que em muito se deve à presença e ao trabalho do treinador espanhol.

3 comentários:

  1. José Casimiro de Pina25 novembro, 2007 15:53

    Só um reparo, após a lesão do Nuno Assis houve muitas outras entradas sobre os jogadores do Benfica, p.e. a entrada sobre o calcanhar esquerdo do Cardozo (não há coincidências) pareceu-me bem intencionada, mas como não foi Binya...A propósito, já notei uma campanha interessante contra o Binya, primeiro é o árbitro a contar-lhe as faltas depois, sempre q se aproximava dos jogadores da Académica (N'Doye, p.e.) estes atiravam-se para o chão...houve indicações neste sentido e houve cumprimento...Estou a gostar deste campeonato.

    ResponderEliminar
  2. boas camarada benfiquista!
    alguns membros do nosso blog acharam se era possível sermos linkar o seu blog nos nossos blogs favoritos e assim vice-versa?

    E força Glorioso !

    ResponderEliminar
  3. Não tenho a mania das perseguições mas que acho que a Académica jogou muito mais do que tem jogado contra outros adversários de igual calibre. A jogar assim a Académica não estaria onde está.
    Estranho que nestes jogos que antecedem os clássicos Benfica-Porto os adversários do nosso Clube corram que nem uns dezalmados. Será que mais uma vez houve incentivos, desta vez para a Académica, por parte de quem tem interesse que o Benfica chegue à próxima jornada um bocadinho mais distante do lidér? Ficam as fundadas duvidas!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...