sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Luís Filipe Vieira na FPF, porque não?



Luís Filipe Vieira pode e deve começar a preparar para daqui a alguns anos a candidatura à Presidência da Federação Portuguesa de Futebol.

As ondas de choque provocadas por Luís Filipe Vieira ao considerar que Rui Costa tinha perfil presidenciável parecem não abrandar. Ora, a hipótese até não é tão invulgar como isso. Há alguns anos, o nome de Humberto Coelho chegou a ser dado como forte candidato a disputar a cadeira do poder da Luz. Lá fora, também está longe de ser caso inédito o facto de um antigo jogador de futebol liderar um clube de dimensão mundial – veja-se o exemplo de Franz Beckenbauer no Bayern de Munique.
Porquê então toda esta polémica em torno das palavras do actual Presidente do Benfica? Avanço com uma explicação, uma reflexão e uma proposta.
ExplicaçãoNinguém no Benfica, nem sequer fora do Benfica, está preparada para ver sair Luís Filipe Vieira da liderança do clube. Isto porque, apesar de um trabalho notável de credibilização do clube, de reestruturação interna, de colocação de pé de projectos financeiros inéditos ao nível dos clubes de futebol, de ter conseguido que a equipa de futebol voltasse aos êxitos depois de mais de uma década sem nada ganhar, é consensual entre os sócios e os adeptos de que o projecto ainda está longe de estar concluído. E ninguém mais está à altura de o concluir.
ReflexãoEntão o que pretende Luís Filipe Vieira ao avançar com o nome de Rui Costa? Apenas e só dar um sinal ao mundo do futebol. Tipo “diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és”. Rui Costa é para além de um jogador excepcional, um homem íntegro, credível, vertical, como, infelizmente, ainda há poucos no futebol português. Vieira quer deixar claro que no Benfica não há mais lugar a aventureirismos e que o clube tem de apostar em gente séria, com imagem imaculada, com discurso inovador e credível.
PropostaAo assumir o papel principal de agente determinado a regenerar e a moralizar o futebol português (acredito que na companhia de Hermínio Loureiro, presidente da Liga), Luís Filipe Vieira não pode virar as costas ao futebol português. Estimo que o Benfica ainda precise dele por muitos e bons anos, mas, depois, vejo-o com potencial perfil para ser Presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

1 comentário:

  1. es doente...o vieira anda a enganar tudo e todos!!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...