quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Quantos eram, quantos eram?


Cada clube tem a sua filosofia. Nas vitórias, nas derrotas, nas crises. Para uns, ganhar é sempre contra alguém. Nas derrotas e nas crises, colocam bombas por debaixo do carro do treinador. Outros agitam lenços brancos no final dos jogos. Outros, ainda, escrevem livros. E há os que aproveitam a onda para aparecerem nos jornais a dizer de sua justiça e a dar a táctica.
No Benfica, calados os “papagaios”, aparecem agora outras aves de arribação, mascaradas de adeptos insatisfeitos com não se sabe o quê: não com os resultados, dado que aplaudem treinador e jogadores. Talvez sejam da mesma fornada dos que, há meses, apareceram numa tumultuosa assembleia geral.
Poucos é certo, mas suficientemente agitados para merecerem primeira página em dois jornais desportivos. O que contestam, afinal? Da pouco perceptível tarja que ostentavam, intui-se uma crítica à SAD (sociedade anónima desportiva). Quererão o seu fim e o regresso ao velho modelo organizacional anterior à criação dos clubes-empresa? Ou o objectivo é atacar o presidente do clube?
A massa associativa e adepta do Benfica não anda satisfeita com a equipa de futebol, o “core business”, como agora se diz, do clube. Mas não é com assobios, nem com lenços brancos, muito menos com agitação inconsequente, que se resolvem os problemas.
Quem tem projectos diferentes, ideias diferentes, opções diferentes tem dois caminhos: apresenta-nos no local próprio, a assembleia geral do clube; ou forma uma equipa e candidata-se às próximas eleições.
Dar trunfos aos nossos adversários, contribuindo para a desestabilização do clube e da equipa de futebol não parece ser a melhor estratégia. Mas, claro que, nos tempos que correm, uns poucos são sempre mais mediáticos que a imensa “maioria silenciosa”.

Foto de Marcos Borga/Reuters

3 comentários:

  1. isso é uma forma muito soft de enfrentar o problema, dizer mal de quem contesta? então, acha que está tudo bem ? a equipa? a qualidade de jogo ou falta dela? o treinador? o presidente ? está tudo uma maravavilha para si?
    agora, gostava de o ver colocar aqui as suas ideias, soluções.... mas acha que qualquer pessoa vai á AG e bota palavra e aprsenta projectos? oh meu amigo, não devemos estar a falar de 2008 seguramente ....

    ResponderEliminar
  2. Ir ao estádio assobiar e protestar é dar trunfos aos adversários e não fazer a missão de adepto que é apoiar o clube nos bons e maus momentos.

    Criticar deve ser feito internamente, como foi feito na referida assembleia (discordando no entanto com a parte dos insultos).

    No entanto assembleias há poucas...Eu que penso que o grande responsável do que se passa é a direcção e o seu presidente, concordo plenamente com a frase apresentada hj no treino, apoiando treinadores e jogadores, criticando quem não tem jeito para o "core business", embora sem dúvida tenha feito grande trabalho a outros níveis dentro do clube.

    Sou sócio do Benfica, vejo todos os jogos e não pertenço a nenhuma claque, no entanto embora critique certas coisas que fazem, penso que têm razão em criticar quem assobia a equipa e penso que estão a tomar a medida certa ao criticarem internamente (entenda-se sem ser nos jogos!) os responsáveis pela crise.

    Saudações Benfiquistas,
    FC

    ResponderEliminar
  3. grande benfiquista06 fevereiro, 2008 23:51

    http://br.youtube.com/watch?v=gM0ZtGmYqdo

    caro amigo faz uso deste video por favor neste blog... temos q começar a relembrar q somos o BENFICA !! e nao um benficazinho q ja nem tem adeptos ferverosos nos maus momentos cm agora, sim porque temos que admitir isto.."NAO ANDAMOS A JOGAR NADA"

    Se es benfiquista com a mistica e que nao olha a nomes no benfica seja nos jogadores seja na direcçao do clube entao eu pergunto te o que és e o que somos hoje em dia benfiquistas...


    temos que abrir os olhos, posso nao ser grande admirador de LFV como muita gente mas sou daqueles que dá a cara e a voz ao manifesto como antigamente quando o benfica nao conseguia impor-se..


    et pluribus unum

    post scriptum: eu envaideço me ser do benfica, entao quando revejo os velhos tempos... ha qe voltar a lutar pela chama imensa naquele balneário... ha que haver uma REVOLTA

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...