quarta-feira, 26 de março de 2008

TODA A VERDADE II

18ª Jornada
Benfica – 0; Nacional – 0
Árbitro: Olegário Benquerença (AF Leiria)

“Não se pode dizer que tenha sido uma partida complicada para Olegário Benquerença e seu pares. Sem querer tirar mérito ao trio de arbitragem, que nisso terá tido papel importante, a verdade é que não houve situações que suscitassem polémica de forma gritante. (…) “

in jornal "O Jogo", de 3 de Fevereiro de 2008

19ª Jornada
Naval – 0; Benfica – 2
Árbitro: Rui Costa (AF Porto)

"Tribunal d´O Jogo"
Jorge Coroado, Soares Dias, Rosa Santos e António Rola acham que o lançamento de Binya, de que resultou o primeiro golo do Benfica, foi irregular, e que houve penálti sobre o jogador da Naval.

"O Jogo": Rui Costa e os seus assistentes não viram o lançamento irregular de Bynia no lance do primeiro golo. (…) Além disso, o árbitro não viu uma grande penalidade cometida por Luís Filipe sobre Marinho (…) e assinalou um fora-de-jogo inexistente a Makukula” (…)

in jornal "O Jogo", de 16 de Fevereiro de 2008

20ª Jornada
Benfica – 1; Braga – 1
Árbitro: Jorge de Sousa (AF Porto)

“Acompanhou bem, entendeu-se melhor com assistentes”

in jornal “O Jogo”, de 26 de Fevereiro de 2008

21ª Jornada
Sporting – 1; Benfica – 1
Árbitro: Paulo Paraty (AF Porto)

"Tribunal d´O Jogo"
16 minutos: Miguel Veloso joga a bola com a mão dentro da área.
Penalty dizem Jorge Coroado e António Rola.
50 minutos: Cardozo agride Tonel?
Coroado, Rosa Santos e António Rola dizem que sim; Soares Dias diz que não.
60 minutos: Há falta de Léo sobre Vukcevic dentro da área?
Os quatro ex-árbitros dizem que sim.
76 minutos: Nélson justifica o vermelho?
Coroado, Rosa Santos e António Rola dizem que não; Soares Dias diz que sim.
90 minutos: Há falta de Katsouranis sobre Purovic dentro da área?
Os quatro ex-árbitros dizem que não.
in jornal "O Jogo", de 2 de Março de 2008

22ª Jornada
Benfica – 2; União de Leiria – 2
Árbitro: Vasco Santos (AF Porto)

“No lance do primeiro golo do Leiria ficou a dúvida sobre a posição legal de Paulo César (Rosa Santos diz que está em fora-de-jogo)”; “Bruno Miguel agrarra Cardozo quando este se ia a isolar e dá uma joelhada no paraguaio – Jorge Cororado, Soares Dias e António Rola dizem que ficou uma falta por marcar”.

in jornal “O Jogo”, de 10 de Março de 2008

23ª Jornada
Marítimo -1; Benfica – 1
Árbitro: Bruno Paixão

“A partida não foi complicada para a equipa de arbitragem. Não existiram situações que suscitassem polémica”.

in jornal “O Jogo”, de 17 de Março de 2008

CONCLUSÃO: Em 6 jogos, e quando se entra na recta final do campeonato, os árbitros mostram um rigor e uma idoneidade com o Benfica, que não se verifica com outras equipas. Ainda bem. Mas, como diz o povo, ou há moral ou comem todos. Neste caso, parece que só UM é que “come”. Apesar de já distar mais de 15 pontos do primeiro lugar, o Benfica não merece da parte dos árbitros qualquer tipo de complacência. Vejamos – tirando o jogo com a Naval, em que, admito, somamos dois pontos a mais, com o Sporting e a União de Leiria, como escreve o jornal “O Jogo”, o Benfica foi espoliado de 4 pontos. Ou seja, mesmo já afastado do título por erros da arbitragem durante a primeira volta do campeonato, como aqui ficou provado, o Benfica continua a ser prejudicado. Nos últimos 6 jogos, 2 pontos a menos.

1 comentário:

  1. António Maria30 março, 2008 03:51

    Ontem estive a assistir à entrevista que o Paulo Bento deu no ponta pé de saída, bem realmente quem parecia o treinador era o Luis de Freitas Lobo, o Paulo Bento não saia do mesmo sempre aquela tranqulidade. Muito pobre não conseguia chegar ao nível do jornalista a falar de futebil, táctica ou formas de jogo e de jogadores. Mas quando começaram a falar do Porto aqui Paulo Bento soube logo elogiar o FCP. Ainda há quem diga que foi o Porto que jogou mal em Alvalade eu posso ser fanático, mas o Jesualdo aplicou uma táctica pouco usual. E Eu pergunto, naquela altura quem foi o principal prejudicado com a derrota do Porto. O Porto??, não claro! Foi o Benfica.
    Depois é curioso verificar que o Rui Moreira diz que quem vai chegar à final da taça é o Porto e o Sporting. Recordam-se da fúria do Paulo Bento na Luz, não a teve quando perdeu no Dragão. Bem é caso para tão amigos que nós somos ou será que como no Porto o papel do treinador não existe, o Paulinho está a tratar do futuro com tranqulidade

    Um abraço e saudações fraternas

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...